Eleitores sem biometria vão perder o Bolsa Família

Eleitores sem biometria vão perder o Bolsa Família

A pouco mais de 5 meses do final do prazo para o recadastramento biométrico, mais de 588 mil eleitores de João Pessoa e Campina Grande ainda não fizeram a revisão.

 

Do total, pelo menos 50 mil são vinculados ao Bolsa Família e podem perder os benefícios, caso não façam o recadastramento até o dia 21 de março de 2014.

 

A estimativa é das coordenações do programa nas cidades que pedem ao Tribunal Regional Eleitoral que coloquem postos nas sedes do Bolsa Família.

 

Um dos documentos exigidos para o cidadão se cadastrar no programa de transferência de renda é o título de eleitor. “Quem não fizer a revisão eleitoral perde o título e poderá também perder o benefício do Bolsa Família. A nossa estimativa é que nas duas maiores cidades da Paraíba cerca de 50 mil ainda não fizeram o recadastramento”, revela Geovana Fernandes, coordenadora do Fome Zero em Campina Grande. Ela adiantou que vai enviar um ofício ao TRE, solicitando que se instale um posto de atendimento da biometria na sede do Bolsa Família, que possui mais de 36 mil cadastrados.

 

Por sua vez, a coordenadora do programa em João Pessoa, Maria Aparecida, revelou que já encaminhou ofício à Justiça Eleitoral, pedindo a implantação de um posto de atendimento na sede do Bolsa Família, mas não foi atendida. “A questão não é somente do beneficiário do Bolsa Família que não se cadastra, mas também a demora no agendamento do TRE. Eu fiz o agendamento e só vou ser atendida em dezembro”, frisou Aparecida. Na capital, são mais de 60 mil cadastrados no programa.

 

AMPLIAÇÃO

A direção do TRE informou que não vai instalar postos nas sedes do Bolsa Família por problemas, mas os eleitores podem fazer o agendamento em João Pessoa ou se dirigir aos locais já estabelecidos. Em Campina Grande, além do Fórum Eleitoral, o presidente do TRE, desembargador Marcos Cavalcanti, vai acompanhar no dia 24 deste mês abertura de postos de atendimento na Universidade Estadual da Paraíba e no Museu da Ciência e Tecnologia. 

 

Fonte: JP-Online