Eike Batista afirma na TV que 'zerou' dívidas e pode se candidatar

Eike Batista afirma na TV que 'zerou' dívidas e pode se candidatar

Ex-bilionário, o empresário Eike Batista, que já foi apontado como o mais rico do Brasil, admitiu que pode vir a ser candidato a um cargo público. Durante entrevista na noite desta sexta-feira na "Rede TV", ele disse não descartar a possibilidade. Respondendo a pergunta de um telespectador, enviada por uma rede social, Eike afirmou que "sim, posso me candidatar, quem sabe", reconhecendo que "é um patriota". Minutos antes, porém, ele havia afirmado que seu pai, Eliezer Batista, o ensinara a ser "apolítico".

Usando terno cinza, camisa e gravata em tons de rosa, e tendo na plateia a mulher, Flávia Sampaio, Eike afirmou que "zerou" todas as dívidas e que tem o suficiente para retornar ao mundo dos negócios. O empresário, no entanto, não quis adiantar que projetos estariam em andamento:

— Agora só vou falar quando entregar (os projetos). Também não faço mais previsões.

Ao ser questionado sobre as críticas que tem recebido desde que o início da crise no Grupo X, em 2012. Eike reconheceu que sente-se injustiçado e que a maioria dos brasileiros não sabe sobre os investimentos que fez. E "alfinetou" executivos que trabalharam em suas empresas.

— Sinto-me injustiçado. Há um vácuo, um buraco negro...E aqueles cem executivos quer trabalharam comigo, que eles sigam as suas vidas, mas deveriam ter um santinho meu em casa e beijá-lo todos os dias, agradecendo pelo que ganharam.

Sobre o período em que ficou em silêncio, sem querer se manifestar sobre a derrocada dos negócios, Eike negou que tenha sofrido depressão. E classificou a crise como "espetacular" porque o uniu mais ao filho mais velhor, Thor.

 

 

180 Graus