Efraim Filho ironiza petição de Lula à ONU contra Moro: “Estranhei não ter recorrido ao Vaticano”

Efraim Filho ironiza petição de Lula à ONU contra Moro: “Estranhei não ter recorrido ao Vaticano”

O deputado federal Efraim Filho (DEM) ironizou a iniciativa do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) de apresentar uma petição ao Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmando ser vítima de violação de direitos humanos em razão das ações da Operação Lava Jato.
“Como Lula se acha um semideus, estranhei que tenha procurado a ONU, e não recorrido ao Vaticano, para reclamar de Sergio Moro”, disse o paraibano à Folha de S.Paulo sobre a denúncia que o ex-presidente apresentou às Nações Unidas contra o juiz Sérgio Moro, sob suspeita de abuso de poder.
A defesa de Lula reclamou o que considera “atos ilegais” praticados por Moro, entre eles a gravação e divulgação de conversas privadas dele com advogados e também com a presidenta afastada Dilma Rouseff, além da condução coercitiva para um depoimento no dia 4 de março.
A peça foi protocolada na sede do Comitê, em Genebra, na Suíça. Segundo a defesa, o documento é uma resposta aos atos de Moro, que “não podem ser satisfatoriamente corrigidos na legislação brasileira”.
Conforme a petição, Lula pode sofrer violações de direitos humanos e abuso de poder por parte de Moro e dos procuradores da força-tarefa da Lava Jato. Entre as possíveis violações, o documento lista “invasão de privacidade, prisão arbitrária, detenção antes do julgamento, presunção de culpa e incapacidade de afastar um juiz tendencioso”.
No documento, a defesa informou que Lula sempre se submeteu voluntariamente a pedidos de interrogatórios da polícia ou do Ministério Público e que não procura o Comitê Internacional com a pretensão de estar acima da Lei.

 

“Como um ex-presidente, ele não exerce qualquer função ou detém qualquer privilégio, e sempre auxiliou a polícia e os procuradores quando chamado a prestar esclarecimentos em inquéritos policiais ou outros procedimentos investigatórios”, acrescentou o documento.

 

 

 

 

 

Blog do Gordinho