Efraim destaca ‘papel decisivo’ do DEM em reeleição de RC: ‘se tivesse apoiado Cássio, ele teria levado no 1° turno’

Efraim destaca ‘papel decisivo’ do DEM em reeleição de RC: ‘se tivesse apoiado Cássio, ele teria levado no 1° turno’

O deputado federal reeleito, Efraim Filho (DEM), destacou o papel do Democratas na reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB), para ele, se o partido tivesse se aliado ao senador Cássio Cunha Lima (PSDB), o adversário teria vencido no primeiro turno das eleições.


Efraim fez uma pequena retrospectiva afirmando que o DEM sempre aposta em projetos que saem vitoriosos. “Disputamos a majoritária em 2002 com Efraim Morais e em 2010 como senador. Na campanha de 2002 Cássio foi contra o governo, rompemos com Maranhão para entrar na chapa com duas vagas para senador e todos chamando Efraim de doido, 2006, indicamos o vice para Cássio. Em 2010, o DEM foi apoiar Ricardo quando todas as pesquisas apontavam José Maranhão  e em 2014 houve o racha e o democratas optou por continuar com Ricardo”, contou.


Para mostrar a força do DEM, o deputado completou: “Numa eleição decidida por 28 mil votos no primeiro turno, se o DEM tivesse ficado com Cássio e não com Ricardo, Cássio teria levado no primeiro turno”, conta.


De acordo com o deputado, só a sua votação foi de mais de 100 mil votos, com 50% disso teria ganho. “A grande reversão de votos de Ricardo não foi de João Pessoa ou Campina Grande, mas do interior”, ressaltou. Além disso, o democrata afirmou que o partido está se preparando e vai chegar a hora (de sair em uma candidatura majoritária). “Estou jovem, vamos ocupar os espaços com pé no chão e humildade”, diz.

 


Marília Domingues