Dupla suspeita de arrombar caixas eletrônicos com maçarico é presa na Capital

Dupla suspeita de arrombar caixas eletrônicos com maçarico é presa na Capital

Foram presos dois suspeitos de praticar assaltos a caixas eletrônicos de mais de 10 estabelecimentos bancários na Paraíba. Segundo o delegado titular de Crimes Contra o Patrimônio, Walter Brandão, a dupla suspeita atuava em João Pessoa e municípios vizinhos há quase um ano, e o dinheiro roubado dos caixas era lavado em empresas da construção civil e de aluguel de brinquedos de diversão.

As prisões ocorreram na tarde desta terça-feira (18), a partir de uma investigação da Polícia Civil que iniciou no dia 9 de janeiro deste ano, após a dupla arrombar os caixas eletrônicos de um banco privado localizado no Centro de João Pessoa. Gerliano Faustino Macena Mendonça, 31 anos, foi preso no bairro de Mangabeira, zona Sul de João Pessoa, e Eriberto Nascimento Belo Junior, 31 anos foi preso no bairro de Tambauzinho, zona Leste da Capital.

"A dupla vinha atuando pela madrugada, desativava o circuito interno de segurança dos bancos para realizar o trabalho de arrombamento com o maçarico. E a lavagem de dinheiro ocorria na compra de terrenos e construções de casas, além de uma empresa onde era locados brinquedos de diversão", disse o delegado Walter Brandão.

Com eles, a polícia apreendeu uma pistola de uso restrito e um maçarico de plasma, que custa em torno de R$ 50 mil e é capaz de cortar diversos tipos de metais. De acordo com delegado titular de Crimes Contra o Patrimônio, os bandidos levavam vida de luxo, usavam carros no valor de mais de R$ 100 mil e possuíam celulares avaliados em torno de R$ 3 mil.

A dupla será acusada por furto qualificado, falsificação de documentos e porte de arma ilegal, e podem pegar até 14 anos de prisão.

 

 

 

Click PB