Dupla suspeita de 'arrastão' é detida após perseguição em João Pessoa

Dupla suspeita de 'arrastão' é detida após perseguição em João Pessoa

Dois homens, de 25 e 27 anos, foram presos na manhã desta quarta-feira (17), suspeitos de realizar um 'arrastão', com assaltos a várias pessoas no Bairro dos Estados, em  João Pessoa . De acordo com a Polícia Militar, pelo menos quatro pessoas teriam sido vítimas dos assaltantes apenas no início da manhã desta quarta. Por volta das 9h40, a PM informou que uma quinta pessoa também teria sido vítima dos assaltantes também nesta quarta-feira. A dupla estava em uma moto roubada, que foi apreendida.

Uma das vítimas, que não quis se identificar, explicou que foi abordada pelos suspeitos ao sair de casa. “Eu estava saindo para trabalhar, fechei o portão e andei cerca de dez metros quando eles encostaram a moto, já subindo na calçada e um deles falou: ‘não corra, senão morre’. Eu expliquei que não tinha dinheiro e eles pediram a bolsa. Expliquei que queria os documentos porque ia fazer uma cirurgia, mas eles mandaram abaixar a cabeça e tomaram a bolsa. Eu fiquei em estado de choque e só quando eles viraram a esquina que eu comecei a correr”, disse.

Outra mulher, que também teria sido vítima da dupla e não quis se identificar, falou sobre a abordagem. “Avistei eles dobrando a moto na esquina da rua e ao me ver, frearam a moto. No que eles frearam, eu apertei o passo, mas o que estava na carona desceu e levantou a blusa, dando a entender que estaria armado. Eu não vi nada, mas ele anunciou o assalto e pediu a bolsa. Entreguei e voltei para casa a pé para ver se eles tinham descartado a bolsa no caminho”, contou.

Segundo a PM, os suspeitos foram detidos após o carro da polícia avistar uma das vítimas. Os policiais faziam rondas no bairro e viram a mulher correndo para ver se recuperava o material roubado. A polícia identificou os suspeitos entrando em uma contramão e realizaram uma perseguição. Minutos depois, em um posto de combustíveis da avenida Epitácio Pessoa, a PM conseguiu render os suspeitos com o material do roubo. O material foi recuperado a as vítimas orientadas a ir até a delegacia para prestar depoimentos.

Ainda de acordo com a PM, a dupla costumava atuar sempre no horário entre as 5h e as 7h, e que as principais vítimas eram mulheres que estavam em pontos de ônibus ou saindo de casa. A polícia explica que a dupla não utilizava armas nas abordagens, mas simulavam estar armados para intimidar as vítimas. A moto que foi apreendida com os suspeitos havia sido roubada de uma mulher no dia 2 de junho, no mesmo bairro. Um dos suspeitos já havia sido detido por suspeita de homicídio e o outro suspeito também já foi indiciado por roubo e porte ilegal de arma.

Fonte: G1 PB