Domingo Sangrento registra três homicídios na região de CG; PM só conseguiu prender acusado de um

 Domingo Sangrento registra três homicídios na região de CG; PM só conseguiu prender acusado de um

No primeiro homicídio que aconteceu por volta das 13h deste domingo (27) no bairro Ramadinha II, em Campina Grande. O pai de M.A.M. Silva viu dois indivíduos se aproximarem a pé de seu filho, efetuar cinco tiros e fugir em seguida.  

A Polícia Militar foi acionada e constatou que a vítima morreu com cinco tiros, dois na cabeça e três nas costas.

Foram realizadas diligências, mas não foi possível localizar os acusados.

O segundo homicídio foi na cidade de Puxinanã, por volta das 20h deste domingo. O Ciop tomou conhecimento por um popular, que ao passar entre as cidades de Puxinanã e Montadas, se deparou com um jovem caído vítima de tiro.

De acordo com o morador, o jovem passava de moto pelo local quando foi surpreendido por indivíduos armados que provavelmente tentaram roubar sua motocicleta. O SAMU ainda encontrou sinais vitais na vítima e o socorreu para o Hospital de Trauma de Campina Grande onde veio à óbito no início da madrugada.

A polícia fez rondas no local, mas não encontraram os acusados.

Um terceiro homicídio aconteceu na cidade de Riacho que Santo Antonio, também na região de Campina Grande. A polícia foi acionada por populares que houve uma discussão entre duas pessoas e que um deles havia sido ferido com um golpe de faca no abdômen. A vítima foi socorrida para o Hospital da cidade, porém não resistiu aos ferimentos e veio à óbito no início da noite.

O policiamento em diligências conseguiu localizar e prender o acusado. 


Redação com Ciop