Doméstica presta queixa à polícia por suposta tentativa de sequestro contra sua filha

Doméstica presta queixa à polícia por suposta tentativa de sequestro contra sua filha
A doméstica Sandra Maria Firmino da Silva, 31, moradora do conjunto Chagas Soares, procurou a delegacia de Itaporanga na manhã desta sexta-feira, 4, para prestar uma queixa com relação a uma possível tentativa de sequestro da qual teria sido vítima sua filha, uma criança de 11 anos.
 
Conforme a declarante, sua filha caminhava no final da manhã desta quarta-feira, 2, em direção à casa da avó, em uma rua do bairro Balduino de Carvalho, a cerca de 300 metros de sua residência, quando um carro preto ocupado por dois homens e uma mulher teria aproximado-se da criança. A menina narra que o veículo parou subitamente e os ocupantes passaram a convidá-la para entrar no carro, momento que ela gritou, despertando a atenção de um tio e de populares.
 
Quando os moradores começaram abrir as portas, conta a menina, o carro saiu rapidamente, e não foi possível anotar placa nem ela soube informar o modelo do veículo. “Ela ficou muito assustada e não quer nem ir à escola”, comentou Sandra ao repórter Flávio José, da Rádio Correio.
 
A doméstica disse também que estava trabalhando quando o fato ocorreu, e foi avisada pelo esposo da tentativa de sequestro contra sua filha, o que a deixou muito abalada emocionalmente. "O que eu quero é que a polícia faça ronda durante os horários que as crianças estão indo e chegando da escola e também preste atenção em carros estranhos”.
 
A queixa da doméstica foi registrada pelo escrivão Mãe Velha, e ela foi orientada a, se o carro aparecer novamente no bairro, avisar a polícia e tentar anotar a placa do veículo. Foto: doméstica, com a filha do lado, exibe cópia da denúncia.
 
Fonte: folhadovali