Dom Aldo lança nesta sexta-feira 'Cartilha Eleições 2014'

Dom Aldo lança nesta sexta-feira 'Cartilha Eleições 2014'

O Arcebispo escreveu uma conversa ficctícia entre um menino e os pais. A criança faz perguntas ao pai e a mãe, cujas respostas ajudam a elucidar dúvidas e chamam atenção para quem deve ser dado o seu voto.

O Arcebispo Metropolitano da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto, lança nesta sexta-feira, dia 5 de setembro, a Cartilha Eleições 2014, com orientações para os eleitores.


Das 9h às 11h, Dom Aldo recebe a imprensa para falar sobre a Cartilha no Palácio do Bispo/Cúria Metropolitana, na Praça Dom Adauto, no Centro de João Pessoa. Atenção: não será uma entrevista coletiva. Os jornalistas e radialistas vão ser atendidos de acordo com o horário de chegada de cada um. Poderá ser que o Arcebispo converse individualmente com um repórter se não tiver chegado nenhum outro. Em alguns momentos, Dom Aldo terá que atender a vários profissionais de uma única vez. O importante é que ele vai atender a todos dentro do horário estabelecido, não podendo passar das 11h por causa de outros compromissos já agendados. Para melhor organização, pedimos a confirmação da presença (pascom@arquidiocesepb.org.br). Desde já agradecemos a presença de todos.

Sobre a Cartilha 2014
Dom Aldo lança Cartilhas com orientações para os eleitores desde que chegou à Arquidiocese da Paraíba em 2004. Uma nova edição é publicada em cada ano eleitoral.
A edição deste ano é bem diferente de todas as outras. Pela primeira vez ela é escrita em diálogo, e não em tópicos.
O Arcebispo escreveu uma conversa ficctícia entre um menino bastante curioso e os pais. A criança questiona pai e mãe, faz perguntas, cujas respostas ajudam a elucidar dúvidas e chamam atenção para quem deve ser dado o seu voto. As ilustrações foram feitas pela artista plástica Jô Cortez.

A Cartilha será entregue aos profissionais da imprensa quando chegarem ao Palácio do Bispo. No fim da manhã ela vai estar disponível para entrega aos eleitores na portaria do Palácio do Bispo gratuitamente. E também vai estar disponível para leitura e impressão no site da Arquidiocese da Paraíba (www.arquidiocesepb.org.br).

 

 

Pascom