Dólar opera em queda nesta quinta e chega ser cotado abaixo de R$ 3,20

Dólar opera em queda nesta quinta e chega ser cotado abaixo de R$ 3,20

O dólar opera em queda nesta quinta-feira (30), pela 3ª sessão seguida, chegando a ser cotado abaixo de R$ 3,20. Com a queda, a moeda renova mínimas em quase 1 ano.

Às 13h30, a moeda caía 1,25%, a R$ 3,1965.

Acompanhe a cotação ao longo do dia:
Às 9h10, queda de 0,32%, a R$ 3,2267
Às 10h, queda de 0,27%, a R$ 3,2284
Às 10h19, queda de 0,35%, a R$ 3,2258
Às 11h, queda de 0,83%, a R$ 3,2102
Às 11h56, queda de 1,22%, a R$ 3,1976
Às 12h20, queda de 1,09%, a R$ 3,2017
Às 13h10, queda de 0,94%, a R$ 3,5064

“Os mercados estão mais contidos na última sessão do mês, depois de movimentos fortes nos últimos dias”, escreveram estrategistas do banco Scotiabank em nota a clientes reportada pela agência Reuters.

Cenário externo e interno
Os mercados têm sido fortemente influenciados após o Reino Unido decidir na semana passada deixar a União Europeia. O referendo gerou forte mau humor na sexta-feira e na segunda-feira, mas o quadro se inverteu nos dois pregões seguintes.

No Brasil, investidores também disputavam antes da formação da Ptax de junho. Operadores costumam brigar por cotações nos últimos pregões do mês para deslocar a taxa a patamares favoráveis a suas posições cambiais, destaca a Reuters.

A inação do BC diante do recuo recente da moeda norte-americana também contribuía para manter o dólar em patamares baixos, aproximando-se dos R$ 3,20. Muitos operadores esperavam que a autoridade monetária tivesse agido para amortecer a queda do dólar, com medo de impactos sobre as exportações.

“O BC está claramente mais confortável com deixar o dólar seguir seu rumo, o que deixa o mercado mais à vontade para buscar patamares mais baixos”, disse à Reuters o operador de uma corretora nacional.

Último fechamento
Na véspera, o dólar terminou o dia em queda de 2,087% frente ao real, cotada a R$ 3,237 na venda – menor cotação de fechamento desde 22 de julho de 2015 (R$ 3,2257).

No mês de junho, o dólar acumula queda de 10,39%. No ano de 2016, a moeda tem desvalorização de 18%.

 

 

 

 

 

G1