Dólar cai pelo terceiro dia seguido e volta a ficar abaixo de R$ 4

Dólar cai pelo terceiro dia seguido e volta a ficar abaixo de R$ 4

  Pela segunda vez no ano, a moeda norte-americana fechou abaixo de R$ 4. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (14) vendido a R$ 3,998, com recuo de R$ 0,013 (-0,31%). A divisa está no menor nível desde o último dia 5 (R$ 3,993). A bolsa de valores interrompeu uma sequência de seis dias de queda e voltou a subir.

O dólar chegou a abrir em alta. Na máxima do dia, por volta das 9h30, chegou a encostar em R$ 4,04. A moeda oscilou no restante da manhã, mas passou a operar em queda no início da tarde. Na última hora de negociação, a cotação se estabilizou abaixo de R$ 4.

Na bolsa de valores, o dia foi de recuperação. O índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, subiu 1,43% e fechou esta quinta em 39,5 mil pontos. Apesar da alta, o indicador continua próximo dos níveis registrados em março de 2009, no auge da crise provocada pelo estouro da bolha imobiliária nos Estados Unidos.

Os principais mercados financeiros do mundo tiveram um dia de desempenho positivo após a recuperação dos preços do petróleo. As cotações do barril do Texas, negociado em Nova York, e do barril do tipo Brent, negociado em Londres, subiram 2,3%, mantendo-se acima dos US$ 30.

A cotação do petróleo caiu nos últimos dias após a divulgação de dados que mostram a desaceleração da economia chinesa. A redução do crescimento da segunda maior economia do planeta reduz a demanda por matérias-primas como ferro, petróleo e soja. Essa movimentação prejudica países exportadores de commodities, bens primários com cotação internacional, como o Brasil.

 

 

 

Agência Brasil