Dólar cai a R$ 3,08 após dados ruins sobre emprego nos EUA

Dólar cai a R$ 3,08 após dados ruins sobre emprego nos EUA

O dólar operava em baixa no pregão desta segunda-feira após dados do mercado de trabalho americano apontarem que a criação de vagas de emprego em março foi a menor desde 2003. 

A moeda americana chegou a cair 1,25% e atingiu R$ 3,0898 na venda.
Se fechar abaixo de R$ 3,10, o dólar terá o menor valor desde 6 de março, quando encerrou as negociações em R$ 3,0565. Na semana passada, a moeda americana oscilou entre R$ 3,1179 na mínima e R$ 3,2902 na máxima, nas negociações do pregão regular.
Por volta das 13h, o dólar operava em queda de 1,04%, a R$ 3,0965. No mesmo horário, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) registrava alta de 1,33%, aos 58.827 pontos.
Na manhã desta segunda-feira, o Banco Central divulgou que economistas voltaram a aumentar as projeções para a cotação da moeda americana, um dos fatores de pressão inflacionária. Para o fim de 2015, a expectativa foi a R$ 3,25, contra R$ 3,20, na pesquisa anterior, e para 2016, os economistas consultados veem a moeda norte-americana a R$ 3,30, ante R$ 3,23.

 

 

 

Terra