Dois são presos no Centro Administrativo de Conceição, acusados de aplicar golpes em comerciantes da região

Dois são presos no Centro Administrativo de Conceição, acusados de aplicar golpes em comerciantes da região

Antonio Edivânio Ferreira Filho, 46 anos, residente na rua projetada, bairro Jardim das Neves, na cidade de Bonito de Santa Fé e Eurides Alves de Oliveira, 59 anos, residente na rua Maria Aurora, bairro Triângulo, Juazeiro do Norte-CE, foram presos, acusados de tentar aplicar golpes de venda de mercadorias no comerciante Antonio Campos de Sousa, da cidade de Diamante. A prisão aconteceu, por volta das 9h, desta quarta-feira(10), dentro do Centro Administrativo da cidade de Conceição, no momento em que os dois acusados tentavam concretizar o golpe, com o faturamento da nota fiscal e recebimento do dinheiro da vítima. Um terceiro acusado conseguiu fugiu do local. A polícia fez buscas por todo interior do Centro Administrativo, mas não conseguiu obter êxito.

De acordo com informações da Polícia Militar, um suposto vendedor de nome citado apenas de “Felipe”, teria efetuado a venda das mercadorias ao comerciante pela metade do preço de mercado, enquanto os dois presos seriam responsáveis pela entrega dos supostos produtos, mediante entrega da nota fiscal, que seria extraída na Secretaria de Finanças da prefeitura municipal da cidade de Conceição.

No momento em que tentavam convencer o cliente a efetuar o pagamento da mercadoria, os dois foram abordados pela polícia, que já vinha monitorando o negócio, depois que o comerciante desconfiou do golpe e comunicou o caso para um policial de Boa Ventura, que o acompanhou até a cidade de Conceição.

A dupla foi presa em flagrante e encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Conceição. Como não havia delegado de Plantão, os dois foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Itaporanga, onde serão feitos todos os procedimentos cabíveis.

Os dois acusados estavam em um veículo Peugeot de cor prata e placa OIA 1324-Cariús-CE. O veículo foi apreendido e levado para a delegacia de Polícia Civil da cidade de Conceição.

Um terceiro acusado, citado apenas por “Chiquinho”, percebeu a movimentação da polícia e conseguiu fugiu do local. Policias fizeram buscas no interior do prédio do Centro Administrativo de Conceição, mas não conseguiram localizá-lo.

Segundo o advogado Ilo Ramalho, que faz a defesa dos acusados, o crime de Estelionato, previsto no Art. 171, do Código Penal brasileiro não foi consumado, uma vez que eles não receberam nenhuma vantagem, nem tampouco, receberam dinheiro. "Não havia mercadoria, não houve pagamento, razão pela qual, não se consumou o delito", ressaltou o advogado.

A mesma dupla é suspteita de ter efetuado o mesmo golpe contra o comerciante da cidade de Boa Ventura, Enoque Abílio, na última segunda-feira(8). Segundo o comerciante Enoque Abílio de 59 anos, que tem seu comércio às margens da Rodovia PB-386, no centro de Boa Ventura, um dos golpistas chegou com um catálogo, fez a venda e ainda forneceu o número telefônico de um suposto tio que é coletor em Piancó, para confirmação da “veracidade” dos produtos, e após a negociação, foi acordado o pagamento dentro da Prefeitura de Piancó. 

Enoque chegou a comprar cerca de R$ 5.000 (cinco mil reais) de produtos diversos, todos pela metade do preço, e ao fazer o pagamento sem ver os produtos, o vendedor disse que o esperasse enquanto pegaria os produtos e simplesmente desapareceu.


 

Fonte: Redação do portal Vale do Piancó Notícias