Disputa pelo Governo tem a segunda desistência confirmada; veja quem ainda segue no páreo

Disputa pelo Governo tem a segunda desistência confirmada; veja quem ainda segue no páreo

A disputa eleitoral na Paraíba está ficando cada vez mais afunilada e não vai ser dessa vez que o estado terá uma mulher na lista de candidatas. Depois da ex-deputada, Nadja Palitot (PT), agor aa foi a vez da professora e psicóloga Lourdes Sarmento (PCO) desistir de disputar o pleito. Elas seriam os únicos nomes femininos na disputa pelo executivo estadual, mas não foi possível.

Lourdes anunciou que não irá concorrer às eleições ao Governo da Paraíba. A postulante do Partido da Causa Operária eternizou o slogan, "quem bate cartão  não vota em patrão", teve a divulgação de sua desistência através de uma publicação nas redes sociais do amigo professor Renan Palmeira, militante do PSOL e presidente do Movimento do Espírito Lilás.  

Esse já é o segundo abandono registrado nas eleições deste ano. O primeiro foi o da advogada Nadja Palitot, que chegou a lançar a pré-candidatura ao Governo da Paraíba pelo Partido dos Trabalhadores, mas desistiu após o partido decidir se coligar à pré-candidatura do PMDB.

Agora, com a desistência do PCO, apenas cinco partidos seguem na disputa eleitoral pelo Governo do Estado, são eles:

- O PSB, com o governador Ricardo Coutinho, que disputa a reeleição.

- o PMDB, com a pré-candidatura do ex-prefeito Veneziano Vital.

- O PSDB, com a pré-candidatura do Senador Cássio Cunha Lima.

- O PROS, com a pré-candidatura do deputado federal Major Fábio.

- O PSOL, com a pré-candidatura do presidente Társo Teixeira.