Detran desfaz esquema que fraudava CNH; analfabetos pagavam até R$ 2,5 mil para ter habilitação

Detran desfaz esquema que fraudava CNH; analfabetos pagavam até R$ 2,5 mil para ter habilitação

Cinco paraibanos foram presos nesta quarta-feira (12) suspeitos de participação em esquema fraudulento para emissão de carteiras de habilitação em Natal, no Rio Grande do Norte. Segundo a polícia, há até mesmo analfabetos entre as pessoas que portavam CNH emitida de forma irregular.

De acordo com informações da corregedoria geral do Detran da Paraíba, um dos presos atuava como ‘peabeiro’, palavra utilizada para designar um falso despachante que cobrava até R$ 2.500 para emitir CNHs. Ele estava com R$ 7 mil em dinheiro, valor que foi apreendido pela polícia e pode ser proveniente do crime.

Os cinco estão na Delegacia de Defraudações no bairro do Alecrim, em Natal, onde aguardam que dois delegados especiais designados pela secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte cheguem para ouvir os suspeitos e dar continuidade às investigações.

O paraibano considerado ‘chefe’ das fraudes é natural de Sapé, a 58 km de João Pessoa, e as outras quatro pessoas são de campina Grande, a 125 km da Capital. Eles poderão responder por crimes de corrupção passiva, ativa e estelionato.

Segundo a corregedoria, há possibilidade de que funcionários do Ciretran ou Detran/PB estejam envolvidos no esquema de fraudes da CNH, mas isso só será confirmado após o andamento das averiguações policiais.

O trabalho de busca e apreensão dos suspeitos começou a ser realizado na madrugada e se estendeu até a manhã desta quarta-feira (12).



Fonte: PortalCorreio