Deputados do DEM questionam decisão de Efraim e acusam quebra de pacto

Deputados do DEM questionam decisão de Efraim e acusam quebra de pacto

Os deputados estaduais do Democratas não ficaram satisfeitos com o adiamento da reunião do partido que aconteceria nesta quarta-feira (9), em João Pessoa. Depois da declaração do presidente estadual do DEM, Efraim Moraes, afirmando que a legenda vai acompanhar a candidatura de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB), os parlamentares afirmam que a democracia não esta sendo exercida no Democratas.

Os parlamentares se reuniram durante o almoço e agora afirmam que um acordo celebrado em outubro, para que a decisão final fosse decidida pelo voto de 11 filiados, foi quebrado. Na época, os deputados estavam de malas prontas para migrar para o PSDB, mas o acordo evitou a debandada.

Defendendo a aliança com a candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao governo, os deputados se preparam para questionar a decisão ‘monocrática’ de Efraim.

MaisPB