Deputados denunciam volta do ‘homem da mala’ nas eleições da Paraíba

Deputados denunciam volta do ‘homem da mala’ nas eleições da Paraíba

Os deputados estaduais Tião Gomes (PSL), Adriano Galdino (PSB) e João Gonçalves (PSD) externaram, nesta quinta-feira (21), suas preocupações com a compra de voto nas eleições estaduais da Paraíba, sobretudo na disputa proporcional, por parte de alguns postulantes a cargos na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

Segundo Tião Gomes, “está acontecendo uma verdadeira prostituição eleitoral na Paraíba”. “Nunca vi um leilão tão grande, uma eleição tão difícil. Já perdi três prefeitos, por que não tenho recursos. Tem candidatos investindo pesado. Minha sorte é o trabalho nas bases, meu trabalho é com o povo”, afirmou.

Tião acrescentou que os culpados são os próprios políticos. “Eu não dou, vem outro e dá. Mas, a Justiça eleitoral não está nem aí, por que não tem como provar. O dinheiro não deixa marcas. Temos que ter uma fiscalização maior, a Justiça tem que tomar uma posição”, acrescentou.

Já Adriano Galdino declarou que os “homens da mala”, que pertencem as famílias ricas e tradicionais, procuram os eleitores para oferecer vantagens e se elegem devido a força do seu poder econômico.

João Goncalves, por sua vez, afirma que já fez advertências são diretamente ao eleitorado. “Eu comunico, digo o que estou vendo”, afirmou.

As entrevistas dos deputados foram divulgadas no programa Correio debate, da 98 FM de João Pessoa. Em respeito a legislatição eleitoral, a emissora não divulgou os nomes citados por Tião Gomes. 

Cristiano Teixeira - MaisPB