Deputados brigam no parlamento na Ucrânia durante discurso do premiê

Deputados brigam no parlamento na Ucrânia durante discurso do premiê

Os deputados da Rada Suprema (parlamento) da Ucrânia voltaram a protagonizar nesta sexta-feira (11) uma briga no plenário, após um legislador da coalizão do governo tentar tirar à força o primeiro-ministro do país, Arseni Yatseniuk, da tribuna.

A confusão começou quando o deputado Oleg Barna se aproximou da tribuna e entregou um buquê de rosas com uma fita preta a Yatseniuk e em seguida o agarrou pela perna para arrancá-lo à força do púlpito.

Yatseniuk fazia um balanço da gestão de seu governo em 2015 quando foi interceptado.

Barna é do partido do presidente ucraniano,Petro Poroshenko. Um grupo de deputados do partido de premiê, o Frente Popular, correu em seguida para a tribuna. Após separarem os dois, os deputados começaram a bater em Barna repetidamente, primeiro em seu rosto e depois quando o deputado já havia caido no chão.

Outro deputados correram para socorrer Barna e a confusão, com resistências e puxões para todo lado, durou ainda vários minutos até o presidente da Rada, Vladimir Groisman, intervir para separar os parlamentares.

Pouco depois, Barna anunciou sua saída do Bloco Petro Poroshenko, enquanto companheiros de seu já ex-partido, aliado do governo da Frente Popular, disseram à imprensa que o deputado foi na verdade expulso da legenda.

Barna comandou nas últimas semanas uma coleta de assinaturas entre os legisladores, e garantiu ter reunido 73, para levar à votação na Rada a destituição de Yatseniuk e de seu governo.

"As forças políticas que criticam o governo de Yatseniuk estão há duas semanas pensando em assinar ou não", disse Barna aos jornalistas.

 

 

 

G1