Deputado propõe criação da Frente Parlamentar em Defesa da Vaquejada

Deputado propõe criação da Frente Parlamentar em Defesa da Vaquejada

O deputado estadual João Gonçalves (PDT) defendeu nesta terça-feira (11) a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Vaquejada na Assembleia Legislativa. Ele informou que já colheu a assinatura de 15 parlamentares.

De acordo com ele, o principal objetivo da Frente é pressionar o Congresso Nacional a analisar a Lei de Maus Tratos a Animais.

Além disso, ele garantiu que a Frente dará oportunidade para ouvir o contraditório.

“Vamos colocar de cinco a sete pessoas na composição da Frente e vamos discutir. Quem é contra, venha debater, dizer por que é contra. Vamos dar oportunidade ao contraditório”, disse.

O deputado ainda afirmou que a vaquejada gera emprego e renda e precisa ser discutida, não proibida.

“Nós temos que ter o bom senso e respeitar o direito do costume. Lá em Brasília, analisou-se papel, mas o Brasil é um país grande e precisa ser discutido por região. Vaquejada é um esporte que gera emprego, gera desenvolvimento e renda. Se quer discutir maus tratos, vamos discutir. Agora, acabar, proibir, é impossível. Os maus tratos estão nos hospitais, pessoas que estão morrendo sem vaga, porque não conseguem fazer um exame”, observou.