Deputado Paraibano defende parlamentarismo como regime de governo no Brasil

Deputado Paraibano defende parlamentarismo como regime de governo no Brasil

O líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado estadual Renato Gadelha (PSC), abriu um debate polêmico ao defender o parlamentarismo como sistema de governo no lugar do presidencialismo e afirmou que existe uma tentativa de ditadura das minorias.

Para Gadelha, a história brasileira mostra que o regime presidencialista é de crises e lembrou a história desde 1930 com a revolução Vargas, onde tiveram 15 anos de ditadura, nos anos 60 a ditadura militar que durou 21 anos. “Fora o golpe no presidente João Goulart, a tentativa de golpe em Juscelino kubitschek, a renúncia de Jânio Quadros… É um regime que copiamos do americano e que se quer perpetuar, infelizmente, o Brasil peca muito nesse aspecto, sou parlamentarista por essência”, diz.

Gadelha afirmou que se hoje o Brasil vivesse num regime parlamentarista já teria sido dissolvido o parlamento e convocado novas eleições e novo governo se instalaria.

“Em momentos de crise é a forma mais rápida de se modificar o governo. Espero que o congresso coloque em pauta a votação sobre o sistema de governo porque a Europa toda é parlamentarista e tem um sistema muito bem administrado, sem crises, sem violência e com decência”, concluiu, esquecendo-se que a atual crise financeira mundial iniciou-se na Europa.

 
 
 
 

Redação