Deputado diz que não vai brigar para ser presidente da Assembleia Legislativa, ‘mas gostaria muito’

Deputado diz que não vai brigar para ser presidente da Assembleia Legislativa, ‘mas gostaria muito’

O deputado Tião Gomes (PSL) disse, em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, que apesar de ser o parlamentar mais antigo com sete mandatos na Assembleia Legislativa do Estado não ira brigar pela presidência da Casa, “mas gostaria muito de ser”, revelou.

“Eu não vou dizer que quero, que eu vou, mas se eu estiver no contexto, no projeto dos meus companheiros, eu serei. Se for a minha hora serei presidente da Assembleia”, afirmou.

Ele lembrou que nunca uma Assembleia foi tão perversa para um governador com essa atual, “mas Ricardo Coutinho, foi um fenômeno na política, pois enfrentou o poder de 30 deputados estaduais dos 36 parlamentares e ser for falar na mídia paraibana escapam poucos órgãos de imprensa que defenderam ou acreditaram no projeto de Ricardo Coutinho que lutou praticamente sozinho contra todo poderio político e econômico e por isso que eu digo que ele foi um fenômeno”, comentou o parlamentar.

De acordo com Tião Gomes é difícil para um governador trabalhar com um Assembleia contra, pois é necessária que haja uma parceria entre os poderes. Na opinião do parlamentar, o governador deverá enfrentar problemas com na Assembleia na próxima legislatura, ‘porque Ricardo veio para mudar a política paraibana’, completou.

Para o parlamentar está chegando o momento da Assembleia participar do Governo e ajudar a governar “ porque a Casa, nos últimos quatro anos, só fez prejudicar e muito e não houve muitos avanços na Paraíba porque tudo do Governo do Estado que ia para Assembléia os deputados eram contra”, finalizou.

 


Paulo Cosme