Deputado critica Vital e Veneziano por tentarem escantear chances de Maranhão disputar cargo em 2014

Deputado critica Vital e Veneziano por tentarem escantear chances de Maranhão disputar cargo em 2014

A informação é do blog do radialista Petrônio Torres, de João Pessoa. Segundo ele, o deputado federal Benjamin Maranhão (PMDB) já não esconde de mais ninguém críticas ferrenhas à postura dos irmãos Vital do Rêgo e Veneziano Vital – o primeiro senador e o segundo ex-prefeito e pré-candidato ao Governo do Estado – de tentarem escantear da disputa de 2014, para qualquer cargo eletivo, o ex-governador José Maranhão, presidente estadual do partido.

Segundo Benjamin a estratégia para colocar o tio Maranhão “candidato a deputado federal de todo o jeito” não pode ser encarada com naturalidade, já que, na avaliação do deputado federal, ao contrário do que pensam Vital e Veneziano, o ex-governador tem plenas condições de se candidatar ao Senado.

Leia a nota de Petrônio Torres, na íntegra:

BENJAMIN ACUSA VENÉ OU VITAL DE TRAMAR CONTRA ZÉ MARANHÃO E CHAMA MANOEL JR DE DESAGREGADOR DE FAMÍLIA

Parece que o deputado federal Benjamin Maranhão resolveu chutar o pau da barraca e escancarar de vez o que vem acontecendo dentro do PMDB.

Benjamin criticou a estratégia de Veneziano e Vital do Rêgo para afastar Zé Maranhão de uma possível candidatura ao Senado. “Querem colocar Zé Maranhão como candidato a deputado federal de todo jeito”.

Benjamin em tom de sugestão também foi enfático ao lembrar que a família Vital ocupa muitos cargos eletivos como o sogro do senador Vitalzinho e a deputada federal Nilda Gondim. “Por que eles, os irmãos, não retiram a candidatura de Dona Nilda. É muito mais fácil. Agora, quero dizer que a candidatura a reeleição da deputada é legítima”.

O deputado federal acusou ainda Manoel Júnior de querer desagregar a “família ao tentar provocar uma briga com seu tio”. Benjamin disse mais: “Manoel devia cuidar da vida dele. Até a eleição em sua cidade ele perdeu”.

Pense numa confusão está o PMDB

FONTE: POLITICAPB COM INFORMAÇÕES DE PETRÔNIO TORRES