Delegado nega existência de 'grupo especializado em matar policiais na PB' e destaca: 'casos isolados'

Delegado nega existência de 'grupo especializado em matar policiais na PB' e destaca: 'casos isolados'

O delegado de homicídios, Reinaldo Nóbrega, negou em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação que exista um grupo especializado para matar policiais na Paraíba. A informação foi especulada após a morte do cabo Thayrone, nesta terça-feira (18).

De acordo com Nóbrega, a investigação sobre a morte do cabo segue a linha de latrocínio, que é o roubo seguido de morte para levar a arma do policial ou crime por encomenda. Nesta quinta-feira (21), a arma do cabo foi encontrada em uma calçada próximo ao presídio PB-1 em Jacarapé.

Nóbrega descarta completamente que na Paraíba haja um grupo especializado para matar policiais e destacou que o que aconteceu até agora foram fatos isolados, lembrando que a maioria não estava em serviço e garantiu que a corporação não é o alvo.

 

 

 

Marília Domingues