Delegado exonerado afirma estar sendo ameaçado de morte

Delegado exonerado afirma estar sendo ameaçado de morte

O delegado e ex-chefe da seccional da Polícia Civil de Guarabira, Walber Virgulino, afirmou que foi afastado do cargo sem aviso prévio e atribuiu o acontecido a “pura inveja”.

Ele declarou que ainda está aguardando um posicionamento do Governo do Estado sobre uma nova nomeação e destacou que sempre trabalhou para proteger a população.

Walber ainda disse que está sendo ameaçado de morte e que existem pessoas na Polícia Civil que são capazes de qualquer coisa.

Também diz que está aguardando um contato, pois toda a sua família é dependente dele financeiramente.

– Não estou querendo ser melhor que ninguém, eu só quero respeito por toda a história que eu tenha na Polícia. Me trataram com injustiça, tudo isso por inveja. Muita gente quer ser eu, mas não tem coragem de trabalhar. Eu não admito que ninguém me desmereça, eu sou funcionário público, sou concursado e sempre dei meu sangue à Polícia. Estou sendo tratado com desrespeito, com desdém. Estou – colocou

 

 

 

 

 

As informações foram veiculadas na Campina FM.