Delcídio é internado em São Paulo e passará por duas cirurgias

Delcídio é internado em São Paulo e passará por duas cirurgias

Licenciado por questões de saúde desde que saiu da prisão em Brasília, o senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), foi internado nesta segunda-feira (4), no Hospital Sírio Libanes, em São Paulo, onde será submetido a duas cirurgias, na terça-feira (5), para retirada da vesícula e de pólipos no intestino. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do senador, em Campo Grande.

 

O senador deveria ter retornado aos trabalhos no Senado no último dia 23, mas pediu mais 15 dias de licença médica para realização de novos exames, que vence na próxima quarta-feira, dia 6. Agora, conforme a assessoria de imprensa, por conta das cirurgias, o senador deve entrar com pedido de prorrogação da licença por mais 10 dias.

 

O parlamentar ficou quase 90 dias na prisão e foi solto no dia 18 de fevereiro, sob condição de fazer recolhimento domiciliar, podendo sair de casa apenas para trabalhar no Senado. Delcídio nem chegou a retornar à Casa legislativa, porque apresentou o pedido de licença médica logo em seguida, que foi prorrogado posteriormente.

 

Delcídio do Amaral foi preso sob acusação de tentar obstruir as investigações da Operação LavaJato. Ele ofereceu R$ 50 mil por mês e um plano de fuga para que o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró não fechasse acordo de colaboração com o Ministério Público. O filho de Cerveró gravou a conversa e entregou o áudio à Justiça, o que resultou na prisão em flagrante do senador. 

 

Os pólipos intestinais são muito comuns e surgem em mais de 30% da população adulta. Os pólipos são lesões benignas, porém, uma pequena parte tem potencial para se transformar em câncer. Felizmente, através da colonoscopia é possível não só diagnosticar como também remover os pólipos intestinais de forma completa e segura, impedindo-os de se transformarem em um câncer do cólon.

 

 

 

 

Correio do Estado