Delação revela que esquema da Petrobras se estendeu ao setor de transportes

Delação revela que esquema da Petrobras se estendeu ao setor de transportes

O presidente da construtora Camargo Corrêa, Dalton Avancini, confessou à Justiça que a empresa pagou propina para executar obras na Ferrovia Norte-Sul, nos mesmos moldes das operações que foram feitas com os contratos da Petrobras, inclusive com formação de cartel entre as empresas, revela na edição de hoje o jornal O Globo.

O executivo admitiu que o esquema irrigou os cofres de partidos políticos e agentes públicos.

As declarações foram feitas em depoimento de delação premiada aos investigadores da Operação Lava-Jato.

 

 

 

 

 

 

 O Globo