De olho na PMJP, peemedebista tenta desqualificar gestão Cartaxo

De olho na PMJP, peemedebista tenta desqualificar gestão Cartaxo

Após colocar o nome à disposição do PMDB para disputar a prefeitura de João Pessoa nas eleições de 2016, o deputado federal Manoel Júnior agora trabalha para desqualificar a gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PT), que também vai disputar à reeleição.
 

Em texto encaminhado à imprensa através de sua assessoria, nesta quarta-feira (08), Júnior ignorou a existência de correligionários apoiando a gestão petista na Capital (leia-se Fernando Milanez (PMDB)) e partiu para o ataque, afirmando que a prefeitura de João Pessoa está largada. Júnior aproveita ainda, no texto, para cobrar as promessas feitas pelo prefeito petista durante campanha eleitoral.

“Eu espero que o Prefeito de João Pessoa, que alardeia, que faz a sua propaganda de obras ainda a acontecer, possa justamente fazer jus aos votos que recebeu através das suas promessas há três anos, quando dizia a João Pessoa que iria cuidar bem da cidade”, cobrou Manoel Junior.

Desconsiderando as obras já entregues pelo prefeito, Manoel Junior que sonha com a prefeitura desde 2012, quando disputava com o senador José Maranhão a vaga para a disputa eleitoral, disse que a prefeitura está largada e não pensa no futuro.

“O que nós temos visto é uma Prefeitura largada, sem compromisso com o futuro, com questões fundamentais, a exemplo da saúde, da educação, da segurança pública principalmente e da mobilidade urbana”, destacou o parlamentar.


No próximo sábado (11), um um novo encontro da Executiva Municipal deve bater o martelo sobre a candidatura própria.

“Não tenho dúvida nenhuma de que a Executiva Municipal do PMDB vai fechar com candidatura própria. Isso é quase uma unanimidade dentro do partido”, afirma Manoel Júnior. Ele lembra, inclusive, que até o próprio senador José Maranhão, presidente estadual do PMDB, admitiu na última reunião a possibilidade da legenda se aliar com o PSDB nesse processo.

O deputado federal revela que, depois da definição de que o PMDB terá candidatura à prefeito em 2016, vai começar a discutir alianças com outros partidos e montar uma Frente das Oposições  





PB Agora