De olho em 2018, Cássio já fala em ampliação de frente das oposições a RC na PB

De olho em 2018, Cássio já fala em ampliação de frente das oposições a RC na PB

O senador Cássio Cunha Lima, articulador da aliança entre o PSDB, PMDB e PSD em João Pessoa, revelou que pretende ampliar o leque de partidos que compõe hoje a Frente das Oposições na Paraíba. O objetivo é chegar mais fortalecido nas eleições de 2018. Apesar de admitir disputar o governo do estado, o tucano preferiu deixar a discussão sobre nomes para o futuro.

“O fundamental é que mantenhamos a unidade da Frente das Oposições. Possamos, inclusive, ampliá-la na Paraíba e dentro dessa Frente iremos escolher um nome. Eu posso ser candidato a senador, a governador, posso não ser candidato a nada, vamos observar. Tem política nacional onde estou cada vez mais inserido para minha alegria e responsabilidade maior. Vamos deixar o tempo passar e decidir isso mais adiante”, disse.

O parlamentar também justificou o motivo o que fez se empenhar para a união entre os partidos na Capital já no primeiro, garantindo a reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) com uma ampla margem de votos. Ele explicou que se tivesse feito a aliança com o PMDB, do senador José Maranhão já em 2014, o resultado das urnas, provavelmente, teria sido outro.

“O fato de ter ganho no primeiro e o fato do PMDB, com quem não me aliei, ter votado em Ricardo no segundo turno foi decisivo. Tanto é que essa aliança que fizemos agora em João Pessoa demonstrou claramente isso. Ninguém sozinho tem a hegemonia política na Paraíba. Errar serve de aprendizado. Em 2014, terminei, por uma série de fatores, deixando de ampliar as alianças que nós tínhamos e isso foi um fator decisivo nas eleições”, falou.

 

 

 

Blog do Gordinho