Datafolha: 60% dos brasileiros avaliam saúde no país como ruim ou péssima

Datafolha: 60% dos brasileiros avaliam saúde no país como ruim ou péssima

Uma pesquisa Datafolha revelou que seis em cada dez brasileiros avaliam a saúde no país — incluindo as redes pública e privada — como ruim ou péssima.

O índice de ruim ou péssimo cai para 54% quando a avaliação compreende apenas o SUS.

A pesquisa, que foi encomendada pelo Conselho Federal de Medicina, contou com a participação de 2.069 pessoas com mais de 16 anos em todo o país. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Os resultados são os mesmos da pesquisa do ano passado, quando a avaliação foi feita pela primeira vez.

Ainda de acordo com a pesquisa, em escala de zero a dez, 24% dos brasileiros dão nota zero para a saúde no país e 20% dão nota cinco. Quando a avaliação se restringe ao SUS, 18% deram zero e 19% deram cinco.

A parcela da população mais crítica inclui as mulheres, os moradores da região Sudeste, os brasileiros mais escolarizados e ainda aqueles que têm plano de saúde.

A pesquisa revelou também que o índice dos que utilizaram o SUS diminuiu em relação a 2014 de 89% para 83%.

O mau atendimento é apontado por 36% dos entrevistados como o principal problema nos serviços de saúde do país, seguido da falta de médico (19%).

O Ministério da Saúde afirmou, por sua vez, que investe “fortemente” em toda a rede de atenção à saúde e ainda que o montante para a atenção básica aumentou de R$ 9,7 bilhões em 2010 para R$ 20 bilhões no ano passado.

 

 

 

Folha de São Paulo