Damião Feliciano não descarta reeleição de Lígia caso assuma governo em 2018

Damião Feliciano não descarta reeleição de Lígia caso assuma governo em 2018

Em entrevista ao programaFrente a Frente, apresentado pelo jornalista Heron Cid, na TV Arapuan, na noite desta segunda-feira (6), o deputado federal Damião Feliciano (PDT)   não descartou a possibilidade da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) assumir o assumir o Governo do Estado e, até mesmo, disputar uma eventual  reeleição.

Apesar das chances de Lígia ser elevada ao cargo maior da política paraibana, o deputado   alegou que esse assunto não é discutido e nem abordado. Para Feliciano,  uma reeleição da pedetista vai depender do momento, assim como aconteceu em ela ter assumido a vaga de vice do governador Ricardo Coutinho em 2014.

“Não temos nenhum alvoroço, nenhuma preocupação ou estresse em relação a isso. Eu sou deputado federal e tenho a consciência do porque eu sou político e porque estou nesse patamar. Lígia Feliciano também tem a consciência e do trabalho que tem feito em relação a posição de vice-governadora”, afirmou.

Voto contrário ao impeachment da presidente Dilma

Rousseff (PT), Damião Feliciano contou porque foi favorável que a petista continuasse no governo.

Para Damião Feliciano,  ele não viu crime para Dilma ser condenada no  momento e argumentou que,  após os governos petistas,  “o Nordeste vive outra realidade” por causas dos inúmeros investimentos.

“Dei meu voto com convicção do que estava votando e não me arrependo. Acho que o Nordeste foi beneficiado com as políticas que foram colocadas e que a presidente teve seu mandato democrático e eu votei pelo estado democrático de direito”, afirmou.

No entanto, Damião alegou que o PDT, apesar de oposição a Temer, não seguirá o coro dos movimentos que tentam desgastar  a gestão Michel Temer.

“Eu torço pelo mo país e não pelo quanto pior melhor. Eu quero que o Brasil avance e que ele cumpra os compromissos com a Paraíba”, alegou.

“Eu não estou interessado hoje em conturbar o país nem a Paraíba não. Eu como deputado federal tenho que fazer o melhor pelos paraibanos. Estou torcendo e lutando para que esse governo que está aí possa fazer o melhor para a Paraíba e o que ela precisa. Mesmo fazendo oposição pessoa a Michel Temer, e voto favorável as matérias que beneficiem a Paraíba. É para isso que fui eleito”, argumento.

 

 

Roberto Targino – MaisPB