Crise: Maranhão reage a críticas, vê “despreparo” e contesta governo

Crise: Maranhão reage a críticas, vê “despreparo” e contesta governo

Como antecipado com exclusividade pelo Portal MaisPB, o senador José Targino Maranhão (PMDB-PB) divulgou, na madrugada desta quarta-feira (30), nota, através de sua assessoria, para rebater as informações divulgadas pela Secom Estadual de que sua gestão teria deixado um ‘rombo’ de R$ 411 milhões nas contas do governo em 2010.

A polêmica teve início após a Secom do Estado rebater os dados de um artigo assinado pela jornalista Adriana Bezerra e divulgados na coluna de Lena Guimarães, no jornal Correio da Paraíba. No release oficial, o governo acusou a gestão de Maranhão de provocar um déficit milionário.

O peemedebista disse que não queria discutir o conteúdo da nota do governo, mas lamentou os argumentos utilizados “pelo apressado e despreparado redator da reposta oficial”.

Maranhão disse que essa informação de que seu governo teria deixado esse ‘rombo’ já foi rebatidas inúmeras vezes, desde o início de 2011, por ele próprio e pelos integrantes de sua equipe econômica. “Trata-se de uma afirmação falsa, cavilosa e sem comprovação”, resumiu.

O senador também lembrou que as afirmações de que o referido débito se referia a prestações vincendas da ‘Dívida Fundada’ para 2011 não subsistem e são eivadas de má fé.  “Até hoje, embora solicitada por membros do meu governo, através de pronunciamentos na imprensa, jamais foi divulgada a listagem desses débitos sem ‘cobertura financeira’, simplesmente porque eles não existem”, afirmou.

 

 

MaisPB