Criminosos invadem prefeitura e Câmara, levam documentos e fazem quebradeira

Criminosos invadem prefeitura e Câmara, levam documentos e fazem quebradeira

A sede da Prefeitura de Campo Grande e a Câmara Municipal de Vereadores foram atacadas na madrugada desta quarta-feira (5). A ocorrência foi registrada pelo Grupamento da Polícia Militar daquele município, na região Agreste de Alagoas.

O prefeito Miguel Higino (PP) informou ao G1 que criminosos invadiram os dois prédios por volta das 3h e levaram documentos. “A gente não sabe quais foram os documentos ainda. Solicitamos a perícia e vamos aguardar as investigações. Também não sabemos se algum outro objeto foi roubado, só temos certeza que levaram documentos da prefeitura e da Câmara”.

Para entrar na prefeitura, os criminosos atiraram contra a porta de vidro. Os estilhaços da porta ficaram espalhados no local. Já a porta da Câmara Municipal foi forçada até ficar torta, abrindo passagem para os criminosos.

De acordo com a Polícia Militar, as testemunhas informaram que os criminosos quebram mesas e cadeiras nos dois prédios. Chegando ao local, os policiais encontraram várias cápsulas da munição utilizada na invasão. Ninguém foi preso.

O prefeito afirmou que funcionários da prefeitura e da Câmara foram à polícia para dar detalhes da ocorrência. Os serviços foram suspensos nesta quarta, mas devem ser normalizados na quinta (5).

“Hoje está tudo do mesmo jeito, porque a perícia precisa analisar o local, mas se Deus quiser amanhã já poderemos retomar os serviços nos dois lugares”, afirmou Higino.

Eleição

A eleição em Campo Grande foi definida por uma diferença de 95 votos. O prefeito eleito foi Arnaldo Higino (PRB), que é tio do atual prefeito.

 

 

G1