Crianças encontram múmia de 7.000 anos durante passeio escolar no Chile

Crianças encontram múmia de 7.000 anos durante passeio escolar no Chile

Crianças que participavam de uma excursão escolar encontraram por acaso uma múmia de 7.000 anos em Arica, no norte do Chile. Segundo a imprensa local, trata-se de uma múmia completa, enterrada dos pés à cabeça e pertencente à cultura Chinchorro.

A descoberta aconteceu no sábado, quando as crianças realizavam uma das expedições habituais da Academia de Arqueologia da Escola Americana no Morro de Arica, que fica a 2.062 quilômetros ao norte de Santiago, na região da praia de El Laucho. O grupo estava participando de tarefas didáticas de escavação quando a múmia foi identificada.

"Isso é um alerta de que este local deve ser protegido pelo que representa, com o entendimento de que é um grande cemitério pré-colonial, que vai muito além do Sul desta região", disse Hans Neira, professor e guia da excursão, ao jornal La Tercera.

Veja