Criação do TCM renderia a deputado de Sousa salário vitalício de R$ 40 mil, diz radialista

Criação do TCM renderia a deputado de Sousa salário vitalício de R$ 40 mil, diz radialista

O radialista da cidade de Sousa, Jucelio Almeida destacou no seu comentário Direto ao Ponto desta quarta-feira (18), a polêmica gerada em torno da criação do Tribunal de Contas dos Municípios. Na semana passada, uma comitiva de deputados foi ao estado do Pernambuco buscar informações a respeito do tema para ser copiado pela Paraíba.

De acordo o radialista, o deputado sousense Lindolfo Pires (DEM), atual secretário de estado tem interesse especial no TCM, pois seria eleito presidente, com cargo vitalício e salário na ordem de R$ 40 mil.

Jucélio Almeida comparou as intenções do democrata ao também deputado Renato Gadelha (PMDB), e declarou que Lindolfo está caminhando na contra mão dos interesses da população. “Renato está preocupado com a questão da seca que ocorre no Nordeste, o outro com a criação de cargos”.

De acordo com o radialista, enquanto a população do Sertão e Alto Sertão estão sofrendo com a crise, com a falta de água e falta de Segurança, os deputados estão preocupados em criar cargos e despesas para o povo custear.

 

 

Diário do Sertão