Cresce o numero de casos de dengue no País

Cresce o numero de casos de dengue no País

O Ministério da Saúde registrou até 28 de março deste ano 460,5 mil casos de dengue no país. O aumento é de 240,1% em relação ao mesmo período de 2014, quando foram registrados 135,3 mil casos da doença.

Na comparação com o mesmo período de 2013 – quando foram notificados 730,8 mil casos – a redução é de 37%.

É comum que o número de casos de dengue oscile ao longo dos anos. Em alguns anos há um número muito grande e, em outros, um número menor. Depende muito dos sorotipos que estão circulando e varia de região para região.

Segundo a pasta, nas 12 primeiras semanas do ano foram confirmadas 132 mortes provocadas pela dengue, aumento de 29% em comparação com o ano passado, que registrou 102 óbitos. No mesmo período de 2013, houve registro de 278 mortes (-52%).

O levantamento aponta que o estado com maior taxa de incidência de dengue é o Acre, com 882,5 casos para cada grupo de 100 mil habitantes. Em seguida vem Goiás, com 702,4/100 mil e São Paulo, com 585,5 casos/100 mil habitantes.

A classificação da Organização Mundial de Saúde (OMS) indica que lugares com mais de 300 casos da doença por 100 mil habitantes são considerados em situação de epidemia.

Em relação ao total de casos, São Paulo lidera, com 257.809 ocorrências, seguido de Goiás (45.819), Minas Gerais (30.153), Paraná (22.687) e Rio de Janeiro (13.181).

Apesar dos dados do ministério, o governo do estado de São Paulo discorda que exista uma epidemia. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o surto de dengue é limitado a 50% dos municípios.

Centro-Oeste tem maior incidência
A região Centro-Oeste apresentou até 28 de março a maior incidência de casos, com 393,3/100 mil habitantes (59.855 casos), seguida pelo Sudeste, com 357,5/100 mil habitantes (304.251 casos) e Norte, com 112,4/100 mil habitantes (19.402 casos).

O Nordeste vem na quarta posição, com 91,2 ocorrências por 100 mil habitantes (51.521 casos), e o Sul em quinto, com 88,8 notificações/100 mil habitantes (25.773 casos).

 

 
 

G1