CPI convoca presidentes da Claro, Oi, Vivo e Tim

CPI convoca presidentes da Claro, Oi, Vivo e Tim

Os presidentes executivos das empresas Claro, Oi, Vivo e Tim foram intimados a comparecerem às sessões públicas da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia Móvel, que começam no próximo dia 10 de setembro. As intimações foram feitas pela deputada estadual Camila Toscano (PSDB), vice-presidente da CPI, que está respondendo interinamente pela presidência dos trabalhos.

Os executivos irão prestar depoimentos sobre as denúncias envolvendo as operadoras. As sessões vão acontecer no plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba, sempre a partir das 14h30. O primeiro intimado foi o presidente da Claro, que será ouvido no dia 10 de setembro. Em seguida, no dia 14 de setembro, será a vez do presidente da Oi, e nos dias 15 e 16 do mês, serão ouvidos os presidentes das operadoras Tim e Vivo, respectivamente.

Desde que teve início, no dia 08 de abril desse ano, a CPI vem apurando as responsabilidades por danos causados ao consumidor na prestação dos serviços de telefonia móvel oferecidos pelas operadoras que atuam na Paraíba. Os parlamentares ouviram órgãos de defesa do consumidor e a população das regiões do Estado, através de sessões itinerantes, e agora querem ouvir os dirigentes das empresas sobre os problemas e as queixas relatadas.

“Estamos intimando os presidentes nacionais das operadoras. Caso não compareçam, podemos solicitar força policial para que sejam conduzidos coercitivamente. Esperamos que não seja preciso tanto e que os representantes se façam presentes para prestar os esclarecimentos necessários”, reforçou a deputada Camila Toscano.

 

 

MaisPB