Couto critica ‘golpe baixo’, mas destaca que Dilma lutará até o fim

Couto critica ‘golpe baixo’, mas destaca que Dilma lutará até o fim

O deputado federal Luiz Couto (PT) usou as redes sociais para criticar o resultado da votação de ontem na Câmara dos Deputados, quando foi aprovada o prosseguimento do processo de impeachment da presidente petista Dilma Rousseff.

O parlamentar paraibano classificou o resultado como um ‘golpe baixo e sujo’. E fez questão de destacar que o ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), José Eduardo Cardozo garantiu que a mandatária lutará até o fim por seu mandato.

Luiz Couto também compartilhou uma postagem do teólogo Leonardo Boff, enfatizando o seguinte trecho: “Mas o que mais causou estranheza foi a figura do presidente da Câmara que presidiu a sessão, o deputado Eduardo Cunha. Ele vem acusado de muitos crimes e é réu pelo Supremo Tribunal Federal: um gangster julgando uma mulher decente contra a qual ninguém ousou lhe atribuir qualquer crime.”

 

 

 

 

Jãmarrí Nogueira-MaisPB