Costa recebeu propina de R$ 2 mi por obra em refinaria

Costa recebeu propina de R$ 2 mi por obra em refinaria

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa admitiu em sua delação premiada ter recebido R$ 2 milhões em propina da construtora Alusa.

De acordo com Costa, a empresa pagou o suborno em 2008, depois de vencer a licitação para construir a casa de força da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. O contrato era de R$ 960 milhões.

A Alusa está entre as empresas investigadas por suspeita de participação no esquema de corrupção da Petrobras.

 

 

 

Uol