Corte Eleitoral absolve o prefeito de Pitimbu, Leonardo Carneiro Barbalho

Corte Eleitoral absolve o prefeito de Pitimbu, Leonardo Carneiro Barbalho

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral absolveu nesta quinta-feira (15), por maioria de votos, o prefeito de Pitimbu que se mantinha no cargo através de liminar.

Leonardo Carneiro Barbalho (PSD) respondia a uma Aime (Ação de Impugnação de Mandato Eletivo) .Ele era  acusado de abuso do poder econômico nas eleições de 2012, ddistribuição pecuniária (R$ 250) e 20 santinhos. A ação pedia a cassação de  diploma, perda de mandato eletivo e inelegibilidade do prefeito e do vice-prefeito.

O relator da matéria, juiz Sylvio Pélico Porto, não encontrou substância nas denúncias e se manifestou farovável a absolvição.

Em outubro de 2014,Leonardo Barbalho foi cassado por decisão monocrática do juiz da 73ª comarca Eleitoral, Antônio Eimar de Lima.

O advogado do gestor, Edísio Souto recorreu da decisão e em 24h, e o prefeito voltou ao cargo através de liminar concedida pelo desembargador Silvio Porto.

A época, o segundo colocado nas eleições municipais de Pitimbu em 2012, o ex-vereador Marcos Aurélio Celani (PRB), mais conhecido como Marquinhos é 10, já havia  anunciado, através das mídias sociais, que tomaria posse como novo prefeito da cidade
 
A Aije foi protocolada em 27 de dezembro de 2012.

 

 

 

Click PB