Corte do Governo ameaça salários de servidores do Ministério Público

Corte do Governo ameaça salários de servidores do Ministério Público

Depois dos servidores do governo do Estado ficarem sem aumento, desta vez a crise financeira ameaça os salários dos servidores do Ministério Público da Paraíba.

A data base dos servidores da instituição é 1º janeiro, contudo, o reajuste de 5,51% só será aplicado no próximo mês. Não há previsão, porém, para pagamento dos valores retroativos, assim como reajustes das verbas indenizatórias (auxílio alimentação e auxílio saúde).

Segundo o procurador-geral de Justiça, Bertrand Asfora, os valores retroativos serão pagos apenas quando houver a regularização do repasse do duodécimo. O MP sofre com um corte de R$ 12 milhões em seu orçamento aplicado pelo Governo do Estado.

“Vamos implantar o reajuste com muito esforço, lembrando que estamos com o orçamento do ano passado. Graças as medidas de economia e contenção implantadas nós vamos conseguir pagar após um entendimento com o sindicato”, explicou Bertrand Asfora.

 

 

 

 

MaisPB