Corretor de seguros é preso por aplicar golpes de R$ 36 mil em vítima de 70 anos na Capital

Corretor de seguros é preso por aplicar golpes de R$ 36 mil em vítima de 70 anos na Capital

O corretor de seguros Ronaldo Henrique Ferreira, de 53 anos, foi preso em flagrante na manhã desta quarta-feira (30) no Centro de João Pessoa, apontado pela Polícia Civil como estelionatário por ter lesado uma aposentada federal de 70 anos, aplicando golpes que podem ter causado prejuízos de R$ 36 mil. A identificação dele foi divulgada na Delegacia do Idoso.

Leia também: Idosa de 99 anos estaria em casa precária e sob exploração financeira de empregados em JP

A Polícia Civil informou que o corretor cuidava do seguro de vida da senhora e estava tomando empréstimos sem que ela soubesse, utilizando o nome da vítima. Após receber contracheques que traziam valores parcelados e desconhecidos, a aposentada começou a apresentar um comportamento diferente, o que chamou a atenção da família.

Os parentes descobriram o caso, denunciaram na Delegacia do Idoso e a Polícia Civil iniciou as investigações. Conforme a polícia, ele costumava tomar vários empréstimos de valores altos, de maneira fraudulenta, que somados já podem ter provocado um prejuízo de R$ 36 mil.

De acordo com a polícia, ele foi preso em flagrante enquanto aplicava mais um golpe na aposentada, dentro de uma agência do banco do Brasil, no Centro da Capital.

Ronaldo Henrique foi autuado por crime de estelionato e levado para a Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega (Roger) em João Pessoa.

A Polícia Civil informou que o corretor pode ter aplicado o mesmo golpe em outras vítimas, o que ainda será investigado.

Se alguém achar que foi lesado (a) pelo corretor de seguros Ronaldo Henrique Ferreira, pode ligar para o Disque-Denúncia gratuito da Polícia Civil 197 e relatar o caso. A identidade será preservada.

 

Portal Correio