Coronel do Exército é morto após ser levado durante roubo

Coronel do Exército é morto após ser levado durante roubo

Um coronel do Exército foi morto após sofrer sequestro-relâmpago na noite desta sexta-feira (15) no Distrito Federal. Ele foi abordado junto com a mulher quando chegava na casa de amigos, na 208 Norte, por volta das 22h. A mulher foi deixada na quadra seguinte, mas os quatro criminosos que estavam com o militar mantiveram-no refém. Dois deles foram presos pouco depois, após sair de uma festa.

A Polícia Militar foi informada do crime, e localizou o corpo do homem às 3h emSão Sebastião – a 26 quilômetros do local da abordagem. Um major do Exército acompanhou a equipe e reconheceu a vítima, identificada como Sérgio Murilo Cerqueira. Ele foi encontrado com um tiro na cabeça e tinha 43 anos.

Um adolescente de 17 anos e um adulto suspeitos de envolvimento no crime foram detidos pouco depois. A equipe da PM achou o carro da vítima ao lado de uma casa onde havia uma festa. Os policias esperaram a dupla deixar a comemoração para então fazer a abordagem.

De acordo com a polícia, os homens tentaram fugir e houve perseguição. “Eles entraram em uma festa logo depois de cometer o crime, e a PM fez uma campana esperando os dois saírem. Daí eles saíram, e a gente conseguiu prender depois de uma perseguição, porque eles se evadiram. E a frieza impressionou os policiais, por eles terem acabado de cometer um homicídio e irem se divertir em uma festa”, disse o capitão Michello Bueno.

O caso é investigado pela Delegacia de Repressão a Sequestro. A polícia procura os outros dois suspeitos de envolvimento no crime.

 

 

 

G1