Corinthians é campeão brasileiro de 2015; São Paulo ajudou vencendo o Atlético-MG por 4 x 2

Corinthians é campeão brasileiro de 2015; São Paulo ajudou vencendo o Atlético-MG por 4 x 2

Em São Januário lotado, o Corinthians não conseguiu bater o Vasco, e acabou empatando em 1 a 1, mesmo com um jogador a mais. Apesar do resultado, o alvinegro deixará o Rio de Janeiro com o título de Campeão Brasileiro – graças ao rival São Paulo, que derrotou o Atlético-MG no Morumbi, por 4 a 2, em um jogo eletrizante.

Um clima de guerra cercou a partida desde antes do apito inicial: bares ao redor do estádio fecharam e torcedores foram detidos com bombas. Dentro de campo, a pressão da torcida vascaína foi grande, e embalou o time, que conseguiu evitar a derrota.

Dentro de campo, o Vasco foi valente, e tentou pressionar. Rodrigo foi expulso, mas mesmo assim o time cruzmaltino não se abateu: em um lance de Nenê para o lateral esquerdo Júlio César, saiu na frente. Cedeu o empate, mas conseguiu se segurar e evitar a derrota.

O Corinthians vai a 78 pontos e já não pode ser alcançado – jogará o clássico contra o São Paulo no próximo domingo e as últimas três rodadas do campeonato para cumprir tabela e receber os louros do título. O Vasco, por sua vez, deve enfrentar dificuldades para escapar do rebaixamento, já que ocupa a vice-lanterna com 34 pontos.

São Paulo 4 x 2 Atlético-MG

O São Paulo venceu o Atlético-MG por 4 a 2 nesta quinta-feira (19), no Morumbi, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, e deu o título brasileiro ao arquirrival Corinthians. Com o resultado, o Timão sagrou-se hexacampeão nacional, já que o Galo não consegue mais chegar no líder a três rodadas do fim.

Luan abriu o placar para o Galo. Alan Kardec empatou. Dátolo fez 2 a 1 num segundo tempo maluco. Mas o melhor estava porvir. Tiago Mendes deu passe atrasado, Michel Bastos dominou de chaleira e pegou de primeira de fora da área para acertar o ângulo. Gol de placa. No fim, Kardec ainda virou. E Luis Fabiano fez mais um para fechar o placar.

A partida ainda ficou marcada por homenagens a Pato e Luis Fabiano e pela presença no Morumbi de Juan Carlos Osorio.

Santos 0 x 0 Flamengo

Santos e Flamengo empataram sem gols nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o empate, a equipe santista perdeu a vaga no G-4, já que o São Paulo venceu o Atlético-MG por 4 a 2, no Morumbi.

O alvinegro praiano sentiu a ausência de sua principal estrela na temporada, o meia Lucas Lima, que cumpriu suspensão automática. Geuvânio foi o substituto do camisa 20, mas a responsabilidade de "maestro" ficou por conta de Marquinhos Gabriel, que não fez uma boa partida.

Com o resultado, o Santos soma 55 pontos na quinta colocação. O Flamengo, por sua vez, fica na 11ª colocação, com 48 pontos, e praticamente encerra o sonho de disputar a Libertadores no próximo ano.  

Na próxima rodada, o Santos encara o Coritiba, domingo, às 19h30 (de Braília), no Couto Pereira, em Curitiba. Já o Flamengo enfrenta a Ponte Preta no mesmo dia, às 18h (de Brasília), no Maracanã. 

Grêmio 1 x 0 Fluminense

O Grêmio está muito perto de confirmar vaga na próxima Libertadores. O time gaúcho venceu o Fluminense por 1 a 0 nesta quinta-feira (19), em Porto Alegre, com um pênalti polêmico marcado no segundo tempo, uma bola na mão discutível. E com o resultado a distância para o quinto colocado ao menos se mantém em seis pontos, faltando agora nove para terminar o campeonato. 

Com 62 pontos, o time gaúcho depende de resultados paralelos. Na pior das hipóteses vira a rodada com seis pontos de distância em relação ao primeiro fora da linha de classificação para Libertadores. No melhor cenário fica nove na frente, faltando agora três rodadas. Ou seja, com uma vitória no  Gre-Nal de domingo, a vaga se confirma matematicamente independente dos rivais. E dependendo dos placares de São Paulo e Inter, até mesmo sem vencer a vaga pode vir no clássico.  

A vitória foi construída no segundo tempo e teve em Gerson a figura central. O meia-atacante do Fluminense entrou no intervalo, cometeu pênalti no gol de Luan e foi expulso logo em seguida, ao cometer falta dura. Ficou apenas 18 minutos em campo. 

O Fluminense ficou com 43 pontos no Brasileirão e vive situação confortável. Não está ameaçado pelo rebaixamento, mas também não briga por algo mais na competição. 

 

 

Uol