Consumidores de Campina e mais 5 municípios vão pagar mais caro pela energia elétrica

Consumidores de Campina e mais 5 municípios vão pagar mais caro pela energia elétrica

Mais de 195 mil famílias de paraibanos  foram afetadas com o novo reajuste na tarifa de energia elétrica. O aumento que atinge Campina Grande e outros cinco no entorno  atendidos pela  Energisa Borborema, foi em média de 0,62%. Para a baixa tensão, a alta é de 0,53%, e para a alta tensão, de 0,74%.

O aumento foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) alterou nesta terça-feira (7) os reajustes aprovados para sete distribuidoras de energia elétrica. A decisão afeta os reajustes das distribuidoras CPFL Leste Paulista, CPFL Sul Paulista, CPFL Jaguari, CPFL Santa Cruz, Energisa Borborema e Ampla.

A decisão ocorreu depois da aprovação, no final de março, do valor definitivo do encargo da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) - o valor que as empresas terão que pagar pelos empréstimos feitos para socorrer as distribuidoras e evitar a alta nas contas de luz no ano passado. As empresas terão quatro anos e meio (em vez dos dois previstos) para pagar esses empréstimos, no valor total de R$ 37,4 bilhões.