Conselho Tutelar investiga vereador por pedofilia

Conselho Tutelar investiga vereador por pedofilia

O vereador de Cajazeiras, Jucinério Félix (PPS), está sendo alvo de denúncia anônima no Conselho Tutelar da cidade por suspeitas de pedofilia. Segundo a documentação, que o MaisPB teve acesso, e que chegou ao órgão na última segunda-feira (02), o parlamentar teria abusado sexualmente de um jovem, à época, com 17 anos.

De acordo com a denúncia, a família começou a notar, desde setembro do ano passado, que o adolescente estava chegando em casa com perfumes, roupas e relógios incompatíveis com sua renda, além de começar a dormir fora e realizar viagens para fora do estado. As informações dão conta de que o rapaz chegou a abandonar a escola.

Em março deste ano, quando o jovem chegou à maioridade, teria assumido o relacionamento amoroso com o vereador, após sair de casa sem dar satisfações à família, que chegou a apelar nas redes sociais para saber informações do garoto.

O jovem chegou a produzir um vídeo caseiro em que pedia perdão a sua mãe por ter deixado a família e a escola para ter uma “vida de luxo”.

Amigos se solidarizaram com os familiares e aconselharam o rapaz a voltar para a casa, mas ele se limitava a dizer que estava apenas trabalhando.

Várias denúncias chegaram a ser feitas ao Disque 100, mas nenhuma providência foi adotada em relação ao caso.

A família do jovem teme represálias do vereador Jucinério. “Esperamos Justiça para que esse caso não fique impune como muitos outros”, declaram.

 

Confira o documento nas imagens abaixo: