Concursos previstos para 2016 devem oferecer 94,9 mil vagas no país; PB deve contar com dois

Concursos previstos para 2016 devem oferecer 94,9 mil vagas no país; PB deve contar com dois

Os candidatos que estão em busca de uma uma vaga em um concurso público em 2016 terão pela frente um ano movimentado, mesmo com a proposta de suspensão dos concursos pelo governo federal. O número de vagas previstas em órgãos de níveis federal e estadual, além de capitais, chega a 94,9 mil, segundo levantamento feito pelo G1*.

Entre as vagas levantadas estão cargos que foram criados e oportunidades que já foram autorizadas ou aguardam autorização dos respectivos órgãos competentes.

O concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 600 vagas de níveis médio e superior é o mais esperado para 2016. O edital foi divulgado no dia 28.

No âmbito federal, também estão previstas as seleções da Eletrobras Eletronuclear e da Fundação Nacional do Índio (Funai). Cerca de 82 mil temporárias estão previstas para a realização do Censo Agropecuário 2016 do IBGE.

Como em 2016 haverá eleições municipais, a Lei 9.505/97 restringe a nomeação, contratação ou admissão do servidor público nos três meses que antecedem o pleito até a posse dos eleitos. A restrição se refere à esfera em que ocorre a eleição, no caso deste ano, no âmbito municipal. Caso a homologação do concurso for feita até três meses antes das eleições, as nomeações podem ocorrer em qualquer período do ano. Já seleções federais e estaduais ocorrem sem restrições.

Orçamento para concursos
Em setembro de 2015, o governo anunciou um bloqueio adicional de gastos no orçamento de 2016 no valor de R$ 26 bilhões. A proposta inclui a suspensão de concursos públicos em 2016 e, com isso, até 40.389 cargos reservados para "provimento, admissão ou contratação", referentes a todos os Poderes, ao Ministério Público da União (MPU) e ao Conselho Nacional do Ministério Público, informou o Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão (MPOG). As restrições ainda dependem do aval do Congresso Nacional.

O quantitativo de cargos informado pelo ministério é o total que estava previsto no Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) de 2016. Não existe uma lista com os concursos que estavam previstos, já que no PLOA só são divulgados os órgãos, o número de vagas e o valor que seria gasto. Com a medida, o governo pretende fazer uma economia de R$ 1,5 bilhão.

Segundo a assessoria de imprensa do ministério, "não estão suspensos os provimentos (nomeações) referentes a concursos de 2015, os quais serão assegurados dentro do prazo final de validade dos certames".

Vejas os concursos autorizados e previstos para 2016:

Nacionais:

Fundação Nacional do Índio (Funai)
- 220 vagas de nível superior, sendo 202 para indigenista especializado, 7 para engenheiro, 5 para engenheiro agrônomo e 6 para contador
Edital deve ser publicado até abril de 2016.

 

 

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
- 600 vagas: 140 vagas para os cargos de analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e de tecnologista em informações geográficas e estatísticas, ambos de nível superior de escolaridade, e 460 para técnico em informações geográficas e estatística, de nível médio.
Edital já foi publicado.

- 82.023 vagas temporárias, sendo 223 para analista censitário, 486 para agente censitário regional, 700 para agente censitário administrativo, 5.500 para agente censitário municipal, 12.540 para agente censitário supervisor, 174 para agente censitário informativo e 62.400 para recenseador
Ainda não há informações sobre a publicação do edital.

 

 

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)
- 950 vagas, sendo 150 para analista do seguro social e 800 para técnico do seguro social
Salários: R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09
Inscrições: a partir de 4 de janeiro de 2016
Organizadora: Cebraspe
Edital já foi publicado.

 

 

Serviço Geológico do Brasil
52 vagas de técnico de nível médio
Organizadora: Cebraspe, antigo Cespe/UnB
Ainda não há informações sobre o edital.

 


Por estado:

Acre
Governo do estado: abre concursos de acordo com a necessidade das secretarias.

Prefeitura da capital: existe a possibilidade de realização de concurso, mas depende do orçamento.


Alagoas
Governo do estado: não há previsão de concursos para 2016.

Prefeitura da capital: estuda a viabilidade para realizar concurso para a área de educação.


Amapá
Governo do estado: Não há previsão de concursos para 2016.

Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, no Amapá e Pará:
- 28 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de níveis médio e superior
Salários: R$ 5.365,92 a R$ 10.425,75
Inscrições: a partir de 8 de janeiro de 2016
Organizadora: Cebraspe
Edital já foi publicado.

 


Amazonas
Governo do estado: não informou

Prefeitura da capital: não há previsão de concursos para 2016.

Universidade Federal do Amazonas (Ufam): vagas para professores; inscrições começam no dia 4 de janeiro de 2016.


Bahia
Governo do estado: único concurso autorizado foi para a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações (Agerba). Ainda não há edital.


Ceará
Governo do estado: não informou.

Prefeitura da capital: realização de concursos está em estudo, mas depende de análise para aprovação.


Distrito Federal
Não há previsão de concursos para 2016.


Espírito Santo
Governo do estado:
- Secretaria de Estado de Gestão de Recursos Humanos (Seger): seleção vai exigir nível médio. Licitação será feita para escolher a organizadora.
- Secretaria de Estado da Educação (Sedu): objetivo é realizar um concurso por ano na área. Ainda não há número de vagas e organizadora.
- Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases): previsão é que concurso seja lançado no segundo semestre de 2016. Oportunidades serão de níveis médio e superior, com salários entre R$ 1.738,88 e R$ 4.232.

Prefeitura da capital: não há previsão de concursos para 2016.

Câmara Municipal:
- 21 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade
Salários: R$ 1.078,65 a R$ 3.786
Ainda não há informações sobre a publicação do edital.

 

 

Defensoria Pública:
- até 10 vagas para defensor
Salário: até R$ 10 mil.
Edital deve ser publicado no início de 2016.

 


Goiás
Governo do estado: não há previsão de concursos para 2016.


Maranhão
Governo do estado: há previsão de concursos para áreas emergências, como Secretaria da Justiça e da Administração Penitenciária, Procuradoria Geral do Estado e Agência Estadual de Defesa Agropecuária. Ainda não há confirmação de data.

Prefeitura da capital: não há previsão de concursos para 2016.


Mato Grosso
Governo do estado:
– 160 vagas, sendo 100 para papiloscopista e 60 para técnico em necropsia para a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec)
– 130 vagas de delegado substituto da Polícia Civil
–  47 vagas, sendo 25 para procurador, 8 para analista e 14 para técnico na Procuradoria-Geral do Estado (PGE).
Todos estão em fase de estudo pela Secretaria Estadual de Gestão (Seges).

Prefeitura da capital: não há previsão de concursos para 2016.

Tribunal de Justiça do Mato Grosso:
- 168 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de níveis médio e superior
Salários: R$ 2.150,56 a R$ 4.107,57
Inscrições: a partir de 11 de janeiro de 2016
Organizadora: Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
Edital já foi publicado.

 

 


Mato Grosso do Sul
Governo do estado: concurso para a Agência de Administração Penitenciária aprovado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Ainda não há informações sobre o edital.

 

 

Prefeitura da capital: prefeito autorizou concurso para as áreas da educação e saúde (agente comunitário de saúde e agente de endemias). Editais estão sendo elaborados e previsão é que sejam publicados na primeira quinzena de janeiro de 2016.


Minas Gerais
Governo do estado:
- 80 vagas para a Fundação João Pinheiro
- 560 vagas para o Corpo de Bombeiros, sendo 530 para soldados e 30 para oficiais
Salários: R$ 3.506,40 a R$ 5.769,42
Inscrições: a partir de 4 de janeiro de 2016
Edital já foi publicado.

Tribunal Regional do Trabalho:
- 18 vagas para juiz do trabalho substituto; tribunal organiza a seleção.


Paraíba
Governo do estado: não há previsão de concursos para 2016.

Prefeitura da capital: não há previsão de concursos para 2016.

Universidade Federal de Campina Grande (UFCG): previsão de edital até o mês de março de 2016 para vagas técnico-administrativas. Ainda não há informações, sobre cargos, salários e organizadora.

Universidade Federal da Paraíba (UFPB):
- 154 vagas em todos os níveis de escolaridade
Salários: até R$ 3,6 mil
Inscrições: a partir de 4 de janeiro de 2016
Organizadora: Idecan
Edital já foi publicado.

 


Paraná
Governo do estado:
- 2.114 para agentes de saúde; salário a partir de R$ 1.010
Ainda não há edital ou data definida.

Prefeitura da capital:
- 145 vagas, sendo 39 para técnico de enfermagem (R$ 1.725,09), 31 para enfermeiro (R$ 2.616,62) e 75 para profissional do magistério docência (R$ 1.738,08). Ainda não há organizadora contratada.


Pernambuco
Governo do estado:
- 966 vagas para a Secretaria de Defesa Social, sendo 100 para delegado, 500 para agente de polícia, 50 para escrivão, 40 para médico legista, 56 para perito criminal, 73 para auxiliar de legista, 96 para auxiliar de perito e 51 para perito papiloscopista.


Piauí
Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI)
15 vagas e cadastro reserva para os cargos de analista judiciário e técnico judiciário
Salário: R$ 5.425,79 e R$ 8.863,84
Situação: aplicação da prova dia 24 de janeiro de 2016
Organizadora: Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe)

Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI)
Previsão de concurso para assistente administrativo
Vagas: não informado

Prefeitura de Teresina
Previsão que todos os editais sejam publicados no primeiro semestre de 2016
Vagas: assistente administrativo nos seguintes órgãos:
Secretaria Municipal de Finanças e Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação: 35 vagas
Procuradoria Geral do Município: 22 vagas
Secretaria Municipal de Meio Ambiente: 5 vagas
Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina: 13 vagas
Empresa de Processamento de Dados de Teresina (Prodater): 16 vagas

Governo do Piauí
Órgãos:
Secretaria de Justiça do Piauí
- Vagas: 150 vagas para agentes penitenciários
- Situação: edital previsto para ser divulgado em janeiro de 2016
Demais secretarias
Apenas vão convocar os aprovados nos últimos concursos.


Rio Grande do Sul
Governo do estado: não há previsão de concursos para 2016.

Prefeitura da capital: não há previsão de concursos para 2016.

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul:
- 15 vagas e formação de cadastro de reserva, sendo 3 para médico psiquiatra (R$ 10.240), 3 para psicólogo (R$ 10.240), 4 para pedagogo judiciário (R$ 5.900), 2 para médico judiciário nas especialidades de clínica médica (R$ 10.240), ortopedia (R$ 10.240) e psiquiatria (R$ 10.240), 2 para assessor judiciário (R$ 8.900) e 1 para contador (R$ 10.240)
Organizadora: Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (FAURGS).


Rio de Janeiro
Governo do estado: não informou

Prefeitura da capital: não há previsão de concursos para 2016.

Imprensa Oficial do Rio de Janeiro
Vagas em todos os níveis de escolaridade
Organizadora: Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (Fundação Ceperj)
Ainda não há informações sobre o edital.

 


Rondônia
Governo do estado:
- 1.294 vagas para a Secretaria Estdual de Educação (Seduc)
- 1.355 vagas para a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau)
- 84 vagas para a Secretaria de Estado de Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas)
- 12 vagas para a Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE)
Processo de licitação para a escolha da organizadora ainda será iniciado.

Prefeitura da capital: órgão analisa os pedidos das secretaria e processo está em fase de definição de cargos e número de vagas.


Roraima
Governo do estado:
- Secretaria Estadual de Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes) terá concurso para cerca de 180 vagas. Edital deve sair ainda no primeiro semestre de 2016.
- Secretaria Estadual de Educação e Desporto (Seed): número de vagas estão sendo definidas.

Prefeitura da capital: não há previsão de concursos para 2016.


Santa Catarina
Governo do estado: não há previsão de concursos para 2016.

Prefeitura da capital: concurso previsto para a primeira quinzena de janeiro. Ainda não há número de vagas, mas haverá oportunidades médico, contador, administrador e fiscal de obra.
Organizadora: Instituto Mais.

Polícia Militar de Santa Catarina:
- 415 vagas para agentes temporários
Salário: R$ 1.017
Inscrições: a partir de 4 de janeiro
Edital já foi publicado.

Tribunal de Contas de Santa Catarina:
- 50 vagas para auditor fiscal de controle externo
Salário: R$ 11.607,42
Inscrições: a partir de 5 de janeiro
Organizadora: Cebraspe
Edital já foi publicado.

 

 


São Paulo
Governo do estado: concursos serão analisados caso a caso por causa da crise economia e da incerteza sobre o crescimento do país. Não há previsão de concursos para 2016.

Prefeitura da capital:
- 2.472 vagas para professor de ensino fundamental II e médio
Ainda não há informações sobre a publicação do edital.

 

 

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo:
- 103 vagas em cargos de níveis médio/técnico e superior.

Cronograma da seleção será divulgado em janeiro de 2016.

 

 

Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)
- 214 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade
Salários: R$ 1.739,04 a R$ 3.666,54
Inscrições: a partir de 4 de janeiro
Organizadora: Vunesp
 


Sergipe
Governo do estado: não há previsão de concursos para 2016.

Prefeitura da capital: não há previsão de concursos para 2016.


Tocantins
Governo do estado: não há previsão de concursos para 2016.

Prefeitura da capital: não há previsão de concursos para 2016.

Tribunal de Justiça do Tocantins: previsão de concurso para cargos que ainda serão definidos. Número de vagas e organizadora também não foram definidos.

 

 

 

G1