Concurso do IBGE não é afetado por cortes do governo; edital até janeiro e salários de até R$ 9 mil

Concurso do IBGE não é afetado por cortes do governo; edital até janeiro e salários de até R$ 9 mil
O anúncio da suspensão dos concursos, feito pelo governo federal na última segunda, dia 14, para reduzir gastos púbilcos, não irá afetar a seleção para Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que segue normalmente com os preparativos do certame para 600 vagas em cargos dos níveis médio e superior. Segundo o Ministério do Planejamento, as seleções já autorizadas estão mantidas. Por isso, os futuros candidatos podem prosseguir tranquilamente com os estudos. Inclusive, a intenção do IBGE é de aplicar provas no último trimestre deste ano, conforme disse o diretor-executivo Fernando Abrantes à Associação e Sindicato Nacional dos Servidores do IBGE (ASSIBGE-SN). #vaiterconcurso
 
A pressa do IBGE tem respaldo na carência de pessoal e nas iminentes aposentadorias. Sabe-se que o IBGE está trabalhando na definição da distribuição das vagas pelas cidades e no processo de escolha da organizadora. No entanto, não foram divulgados mais detalhes. Das 600 vagas já autorizadas, 460 são de técnico em informações geográficas e estatísticas, de nível médio; 90 de analista de planejamento, gestão infraestrutura em informações geográficas e estatísticas, de nível superior; e 50 de tecnologista, também para graduados.
 
O edital precisa ser publicado até 27 de janeiro de 2016, prazo estipulado pela portaria de autorização do Ministério do Planejamento, mas é muito provável que seja encurtado. As vagas de técnico serão distribuídas pelas unidades do IBGE em todo o país, em locais não abrangidos no concurso de 2013, o que torna a capital fluminense cotada para ter vagas, já que não foi contemplada na ocasião. Já analistas e tecnologistas serão lotados, em sua maioria, no Rio. O técnico tem remuneração de R$3.471,85, podendo chegar a até R$5.011,01, com titulação. Analistas e tecnologistas terão vagas para graduados em áreas ainda não divulgadas. Os rendimentos iniciais são de R$7.373,49, podendo chegar a R$9.107,88, também com a titulação. O regime de contratação é o estatutário, que garante a estabilidade empregatícia.
 
Muitas contratações - A perspectiva é que o IBGE realize um bom número de contratações, tendo em vista as necessidades e o último concurso. Em 2013, quando foi realizada a última seleção, foram contratados 658 aprovados, sendo 450 técnicos, 90 analistas, 90 tecnologistas e 28 pesquisadores. Para todos os cargos foram admitidos 50% a mais do que o previsto. ibge
 
 
 
 

Folha Dirigida