Comerciantes são presos acusados de tentar abrir contas bancárias com documentos falsos na Capital

Comerciantes são presos acusados de tentar abrir contas bancárias com documentos falsos na Capital
Dois comerciantes do município de Sousa, no Sertão do Estado, foram presos na tarde desta terça-feira (12) acusados de tentar abrir contas bancárias com o uso de documentos falsos. O flagrante aconteceu dentro da agência da Caixa Econômica Federal de Cruz das Armas, em João Pessoa.

De acordo com delegado de Defraudações e Falsificações, Lucas Sá, os dois comerciantes identificados por Francisco Chagas de Oliveira Neto e Francisco Jailson de Oliveira que trabalham no ramo de venda de autopeças para motos chegaram agência com objetivo de abrir contas bancárias.

No momento da transação, o funcionário desconfiou das cédulas de identidade e comunicou o fato ao Setor de Fraudes do banco que de imediato avisou a polícia.

Na tarde desta terça-feira, os agentes civis foram até agência bancária e conseguiram prender os dois comerciantes em flagrante. Além das identidades falsas a polícia apreendeu com eles vários cartões de créditos e comprovantes de água e luz também falsificados.

A polícia não descarta a possibilidade de os acusados também participarem do golpe do “bilhete premiado’ uma vez que com eles a polícia apreendeu vários bilhetes lotéricos.

O delegado Lucas Sá afirmou que os acusados confessaram o crime e alegaram que tentaram abrir as contas bancárias porque estavam com os nomes sujos no comércio. “ Só que eles procuraram a maneira de errada de agir”, completou o delegado.

 

 

 


Paulo Cosme\Washington Luiz