Comandante da PM diz que brasileiro não tem cultura nem educação para andar armado

Comandante da PM diz que brasileiro não tem cultura nem educação para andar armado

O comandante geral da Polícia Militar da Paraíba coronel Euller Chaves disse, em entrevista ao Programa Rádio Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação,  que o brasileiro não tem cultura e nem educação para andar armado.

“Sou a favor de uma pena mais dura para quem anda armado, seja preto ou branco, rico ou pobre”, destacou. Ele disse que 90% das pessoas que reagem a um assalto têm problemas, ou seja, sai com um algum tipo de lesão, inclusive podendo morrer. Para Euller Chaves só quem deve armado são promotores de justiça, juiz, delegados e policiais, ou seja, para autoridade pública que tem o direito e tem a necessidade de andar armado.

Sobre a questão de o bandido andar armado, o comandante disse que se ele (o bandido) não tem o valor ético do cidadão, tem mãe para proteger e pagar a fiança e quando chega na audiência de custódia, a fiança é paga e o bandido é liberado. “O problema não é da polícia, mas da legislação”, destacou o comandante.

 

 

 


Paulo Cosme