Com sintomas da ‘virose da mosca’, população lota Pronto Atendimento Maria Marques em Patos

Com sintomas da ‘virose da mosca’, população lota Pronto Atendimento Maria Marques em Patos

Nos últimos vinte dias o Pronto Atendimento do Jatobá registrou um aumento considerável no número de atendimentos médicos. Na maioria dos casos os pacientes apresentam sintomas como vômito, diarreia, febre e dores no corpo. Ontem, dia 11, nas duas primeiras horas de funcionamento do PA, já haviam sido feitas 66 fichas de atendimento, o que demonstra o tamanho da procura da população.

De acordo com a coordenadora do serviço, Kaline Dantas, a média dessas últimas semanas tem sido de 150 atendimentos médicos por plantão, o que mostra um aumento de mais de 200% se comparado com anos anteriores, quando o plantão considerado agitado registrava apenas 40 atendimentos.

“Com essa incidência da virosa, nossa demanda vem crescendo expressivamente, e o PA conta com profissionais capacitados e muito comprometidos com o serviço. Então, mesmo com o aumento estamos conseguindo sim atender a população com qualidade, agilidade e humanização, que são características de nosso serviço. Ao longo de cada plantão vamos nos organizando como forma de atender a demanda presente de forma satisfatória. Ninguém sai do PA Maria Marques sem receber atendimento qualificado,” destacou.

A idosa Benigna Candeia, de 74 anos, apresentou os sintomas da virose e foi levada para o PA por sua filha, Alacoque, que explicou a escolha do serviço na hora de procurar atendimento médico para sua mãe. “Quando ela começou a apresentar o vômito, febre e diarreia, ligamos para o médico que nos atende e ele nos aconselhou a trazê-la para cá. Fomos muito bem acolhidas, o atendimento foi bem ágil e ela já está sendo medicada. Se deus quiser vai dar tudo certo,” proferiu.

Edilene Fernandes também procurou o serviço na noite desta quinta-feira com seu filho de 15 anos, Isaías, que já havia passado por outro serviço de saúde na manhã do mesmo dia. “Mais cedo ele foi medicado, mas como a ânsia de vômito e a febre não o deixam nem comer, nem beber, viemos para o PA, já que o atendimento daqui é bom e rápido,” comentou.

O diferencial do serviço prestado no Pronto Atendimento é atender a demanda de toda cidade, e para todos os públicos, crianças, adultos e pessoas idosas. Nele atua uma equipe multiprofissional formada por dois médicos, um plantonista e um de apoio, enfermeiros, técnicos de enfermagem, quatro odontólogos e auxiliares de consultório dentário.

O PA Maria Marques funciona de segunda à sexta-feira, das 18h às 6h. nos finais de semana e feriados o serviço atua no plantão de 24h.

 

 

Fonte: Patos Online